EDITORIAS

New-01-01.png

ASSINE

assi-01-01.png

ANUNCIE

JETER REINERT SOBRINHO - ANALISANDO .jpg
Analisando
Por Jeter Reinert Sobrinho

OBJETIVO ERA LULA

29 Junho 2018 14:18:34

 

Posicionamento de Mendes, Tófoli e Lewandowski na sessão da 2ª Turma do STF da última terça-feira não deixa dúvidas de que estava em curso a intenção de conceder liberdade a Lula por parte dessa maioria.

Comportamento dos três mostrou desrespeito à colegialidade; que há intenção de derrubar tudo que seja relativo à Lava-Jato, à prisão em segunda instância e à tentativa de acabar com o império da impunidade que sempre grassou pelo país.

Edson Fachin se antecipou aos movimentos do trio e conseguiu a tempo evitar a liberdade de Lula, cuja prisão se ampara em Jurisprudência da STF e em decisão colegiada que, em maioria, decidiu não conhecer habeas corpus em favor do condenado.

Junto com a liberdade havia a possibilidade da Turma, de novo por essa maioria, decidir até pela possibilidade de Lula concorrer às eleições, porquanto o fim de sua inelegibilidade fazia parte do pedido da defesa, junto com sua libertação.

Porém, agora com a manobra de Fachin as coisas podem se mover contra aquilo que havia sido engendrado. Caso haja manifestação do plenário logo no início de agosto, com a manutenção da prisão, o que parece provável se projetarmos o resultado da discussão do HC, e a confirmação de sua inelegibilidade, perde o PT a possibilidade de recorrer ao Supremo após o indeferimento da candidatura pelo TSE com base na Lei da Ficha Limpa.

 Vira assunto encerrado por lá!

PROCURADOR INDIGNADO

No Facebook o procurador Deltan Dallagnol disse que "a soltura de Dirceu pode significar a soltura dos demais presos da Lava-Jato. Basta Lembrar das recentes solturas determinadas pelo ministro Gilmar Mendes para perceber que as comportas da Justiça estão se fechando".

DEVEGAR. E PODE PARAR

Na próxima terça-feira acontece sessão do Congresso Nacional tendo na pauta votação do PLN 13 que propõe o cancelamento de várias dotações orçamentárias previstas para este ano.

De um total de cortes de 544,6 milhões proposto em todo o Brasil, 146,2 milhões, ou 26,8% são relativos a obras do DNIT em SC, dentre elas a BR 470 que terá corte de 50 milhões.

No orçamento de 2018 constavam 145 milhões para a duplicação da rodovia, ou cerca de 10% do total da obra.

Em maio o Governo já cortou 24 milhões. Com mais esse corte previsto restará a metade daquilo que já era pouco.

A obra, que já anda em passos de tartaruga, vai parar!

A União tem uma dívida gigantesca com o estado em termos de investimentos em infraestrutura.

Nas últimas décadas quase nada foi feito no estado e agora querem tirar o pouco que estava orçado.

É preciso mobilização e que mostremos indignação.

PORTAS FECHADAS

No curso da maior crise econômica do país, o Brasil teve 341,6 mil empresas fechadas em 3 anos. O comércio foi o segmento mais afetado com 262,3 mil pontos fechados nesse período. Dados são o IBGE divulgados na quarta-feira. Isso representa um contingente do 3,7 milhões de trabalhadores que perderam seus empregos.




jmv_transparente.png
Editora Jornal do Médio Vale
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855
Sobre o Jornal | Expediente | Assine | Anuncie
icon_facebook.png
icon_youtube.png