EDITORIAS

ASSINE

ANUNCIE

Evandro.JPG
Bastidores
Por Evandro Loes

Bastidores

Alesc aprova criação de CPI e pede afastamento de secretário 

TIMBÓ - A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) aprovou, por unanimidade, requerimento do deputado Ivan Naatz, solicitando a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a compra, sem licitação, de 200 respiradores fantasmas, ao custo de R$ 33 milhões. A aquisição foi realizada com base no Decreto de Calamidade Pública e o dinheiro depositado na conta da empresa antecipadamente, sem a entrega dos equipamentos.

O presidente da Alesc, deputado Júlio Garcia, acatou a instalação da CPI. A empresa sob suspeita, Veigamed, já vendeu outros R$ 24 milhões em produtos ao Estado e teria conexão com um representante de Joinville. A denúncia teve origem em uma publicação do site investigativo The Intercept Brasil.

Outra medida aprovada pelos deputados, foi um requerimento que pede o imediato afastamento do secretário de Saúde, Helton Zeferino, responsável pela aquisição e sua convocação para prestar esclarecimentos aos deputados. A notícia caiu como uma bomba sobre o governador Carlos Moisés. Deputados de todas as tendências, inclusive governistas, manifestaram perplexidade com a operação. Segundo os primeiros relatos, a empresa não vende respiradores e sua sede é uma residência simples, na periferia de São Paulo.


Timbó que Cuida recolhe donativos

TIMBÓ - A Prefeitura de Timbó, com o apoio de entidades como a Associação Empresarial do Médio Vale (Acimvi), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Sindicato Patronal das Indústria Metalúrgicas, Mecânicas do Material Elétrico, está realizando a campanha "Timbó que Cuida", que tem por objetivo recolher donativos na comunidade, para serem distribuídos para famílias que mais necessitam de apoio.

Foram distribuídas 60 caixas coletoras em vários pontos da cidade, onde os doadores podem depositar alimentos não perecíveis e outros materiais de uso pessoal, que posteriormente serão distribuídos para as famílias em dificuldades.

Recentemente, a Prefeitura destinou toda a alimentação perecível da merenda escolar, devido à suspensão das aulas. O prefeito Jorge Krüger, o presidente da Acimvi, Jeter Reinert e o presidente da CDL, estão acompanhando o sucesso da campanha e incentivando as pessoas a colaborar.


Justiça determina bloqueio de R$ 33 milhões em conta de empresa

TIMBÓ - Uma ação judicial, com pedido de liminar, interposta pelo deputado estadual Bruno Souza, prevendo o bloqueio das contas da empresa Veigamed, foi acatado pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina, com a concordância do Ministério Público.

O bloqueio já foi comunicado à rede bancária, mas ainda não foi divulgado se os valores se encontram nas contas da empresa. O deputado Bruno Souza disse que a prioridade é tentar preservar os recursos.

Em comunicação ao público, o Estado afirmou que a empresa alegou atraso na entrega, mas reconheceu o erro na aquisição. A aquisição foi feita com base no Decreto de Calamidade Pública, que dispensa o ente público de licitação e permite o pagamento antecipado das aquisições. Na Alesc, deputados alertaram que o escândalo não deve servir de motivos para o combate à pandemia, que deve se agravar nas próximas semanas, segundo previsões das autoridades de Saúde.


CIC terá obras retomadas em Timbó

TIMBÓ - O prefeito Jorge Krüger assinou, esta semana, a Ordem de Serviço para a Empreiteira Construrio, para dar sequência às obras de conclusão do Centro Integrado de Cultura (CIC), que estão paralisados há mais de 10 anos. O projeto prevê um amplo auditório, com palco para apresentações diversas, tela de projeção, poltronas estofadas, iluminação especial, instalações sanitárias, salas de bastidores e depósito de materiais. A obra licitada, terá investimentos de R$ 2, 1 milhões e prevê a conclusão das instalações físicas, elétricas e hidráulicas, com todos os acabamentos.  

Não estão incluídos os aparelhos acessórios e mobílias, que serão adquiridos posteriormente. O prefeito Jorge Krüger disse que os investimentos serão feitos com recursos próprios da Prefeitura, resultantes de economias feitas com redução de cargos comissionados, horas extras e gratificações, entre outras despesas de custeio. O prefeito disse que a economia anual com estas medidas totalizam R$ 1,2 milhão. Jorge concluiu que o CIC será um centro de promoção cultural, que atrairá visitantes locais e turistas.



jmv_transparente.png
Editora Jornal do Médio Vale
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855
Sobre o Jornal | Expediente | Assine | Anuncie
icon_facebook.png
icon_youtube.png