Evento da Torcida FluTimbó reúne três gerações

13 Novembro 2017 20:10:00

Um final de semana marcante para a torcida do Fluminense no Médio Vale do Itajaí.

Evandro Loes/ JMV
Foto: Evandro Loes

TIMBÓ - Um final de semana marcante para a torcida do Fluminense no Médio Vale do Itajaí. Assim foi o evento da Torcida FluTimbó, que ocorreu durante todo o final de semana, com a presença de três gerações de craques do time, quatro vezes Campeão Brasileiro, nos anos de 1970, 1984, 2010 e 2012. As estrelas presentes, em Timbó, foram os ex-jogadores Mickey (campeão em 1970), Romerito (campeão em 1984) e Diogo (campeão em 2010), mais o jogador Walber, que atuou no ano de 1986 e reside em Timbó. Mais de 500 pessoas prestigiaram a festa tricolor no sábado e domingo. A maior concentração ocorreu no domingo ,dia 12, durante um almoço de confraternização na AA Metisa.

A festa tricolor começou no sábado, com a chegada do ídolo do Fluminense, Romerito. Torcedores participaram de um almoço especial no restaurante do Polaco, onde permaneceram até o meio da tarde. A noite, outro grupo de torcedores recepcionou Romerito no Restaurante da Thapyoka, onde o ex-jogador foi bastante tietado por clientes, que tiraram fotos, muitos turistas, que estão na cidade participando do Velotur (Cicloturismo do Vale Europeu). O ápice do evento foi no domingo, na Associação Atlética Metisa, onde ocorreu um almoço de confraternização. Compareceram torcedores de toda a região, muitos casais e filhos.

Romerito foi a grande estrela da festa, pois manteve um contato mais próximo da torcida, mostrando muita simplicidade e paciência em responder perguntas dos torcedores. Ele, que é natural do Paraguai, onde reside atualmente, mantém contato permanente com a torcida tricolor, fazendo parte do Projeto Tricolores por Toda a Terra. Romerito não é só ídolo do Fluminense. Ele também jogou na Seleção do Paraguai e no Cosmos, dos EUA. No Flu, foi o autor do gol que garantiu ao Fluminense o título do Campeonato Brasileiro de 1984. Romerito atuou no time até 1989 e encerrou sua carreira, nos anos 90, em times de seu país natal.

Emocionado, o ex-jogador Romerito disse que tem um carinho especial pelo time carioca e está percorrendo o país e exterior com o projeto "Tricolores por Toda a Terra". "Dos mais de 10 eventos do projeto que participei, este ano, só o realizado no Piauí pode ser comparado ao que presenciei aqui em Timbó", disse Romerito, que prometeu voltar à cidade ainda este ano. Depois do almoço de domingo, Romerito ainda teve fôlego e participou de um jantar na casa de torcedores. Na segunda-feira, antes de partir, almoçou na Churrascaria Ataliba, em Indaial, visitou a sede do Jornal do Médio Vale e o gabinete do prefeito de Timbó, Jorge Krüger, onde também esteve o vice-prefeito, Marcelo Ferrari.

Outro ídolo presente, o ex-jogador Micky, que foi autor de gols da conquista do primeiro Campeonato Brasileiro do Fluminense, em 1970, atualmente mora em Balneário Camboriú, mas é natural de Presidente Getúlio, no Alto Vale do Itajaí. Ele se disse emocionado com a força da torcida na região. Outro campeão brasileiro, o jogador Diogo (2010), que tem família residindo em Timbó, ainda na ativa, disse que tem um amor especial pelo Fluminense. Os três craques, mais Walber, que teve passagem rápida pelo Flu, foram homenageados com a camisa do Projeto Fluminense por Toda a Terra.

Além dos ídolos do time, esteve presente na festa tricolor, no domingo, o diretor da Fundação Memória Tricolor, Daniel Cohen, autor de diversos livros da história do Fluminense. Ele trouxe na bagagem livros e camisetas do time, que foram sorteados entre os torcedores, durante o almoço de domingo. Durante o evento, foram projetadas imagens de grandes momentos do Fluminense, como o gol de Romeritona vitória contra o Vasco, em 1984, que garantiu o bi-campeonato e fotos e narrações do campeonato de 1970.

Organização

O presidente da torcida FluTimbó, Celso Ruediger, o Celsinho, que foi o líder da organização do evento, estava muito emocionado durante todo o evento, mas não escondeu sua alegria com o sucesso da programação. A presença do projeto "Tricolores por Toda a Terra" foi uma conquista de Celsinho junto à presidência do Fluminense, em uma viagem que ele realizou ao Rio de Janeiro, no início deste ano, quando visitou as Laranjeiras, sede oficial do time. Lá encontrou a esposa do presidente e falou da Torcida do Flu Timbó e do evento anual, que reúne torcedores de toda a região.

Celsinho destacou que a Flu Timbó é uma torcida organizada, que tem CNPJ, diretoria, sede transitória e tem contribuições dos associados. "O resultado deste evento é uma soma de fatores, desde o empenho da diretoria e associados, ao apoio de patrocinadores, a paixão dos torcedores e a participação do próprio Clube, que trouxe a Timbó o projeto "Tricolores por Toda a Terra"", destacou o presidente. Celsinho tem mais projetos para a Flu Timbó.


jmv sim
SOSDesaparecidos.fw.png
Anuncio-Vendas2-01-01.jpg
Logo_ JMV.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina