Tutti quer 'proibir' ensino da ideologia de gênero em Timbó

10 Novembro 2017 13:26:32

Uma indicação, apresentada, esta semana, pelo vereador Guilherme Voigt Junior, o Tutti (PSDB), com um anteprojeto de lei, a ser encaminhado ao Executivo, prevê a adoção de uma lei municipal que proíbe o ensino e a abordagem da 'ideologia de gênero' em todas as escolas de Timbó.

Evandro Loes/ JMV

Uma indicação, apresentada, esta semana, pelo vereador Guilherme Voigt Junior, o Tutti (PSDB), com um anteprojeto de lei, a ser encaminhado ao Executivo, prevê a adoção de uma lei municipal que proíbe o ensino e a abordagem da "ideologia de gênero" em todas as escolas de Timbó.

O vereador fez um pronunciamento na Câmara, quando defendeu sua tese, afirmando que respeita todas as pessoas que adotaram uma opção sexual diferente, mas que as crianças em idade escolar devem ser protegidas "desta pornografia", enfatizou Tutti. Ele se mostrou indignado com a tentativa de confundir as crianças que estão iniciando sua vida com tal ideologia, "que contraria tudo o que aprendemos de nossos ancestrais", ressaltou.

A ideologia de gênero quer difundir a tese, para as crianças, de que não há gênero sexual ao nascer. Ou seja. Menino só é menino pela anatomia, o mesmo acontecendo com a menina, mas a sexualidade não estaria determinada pela posição física, podendo sofrer variações e, estas, seriam naturais.

O pronunciamento de Tutti foi feito na terça-feira, dia 7, e contou com a presença do prefeito e vice-prefeito, Jorge Krüger e Marcelo Ferrari, em plenário. Tutti já se reuniu com Jorge para tratar do assunto. Ele disse que vai bater firme na questão.

Na sessão da Câmara, uma mulher fez uma manifestação verbal, do plenário, defendendo a ideologia de gênero. O vereador Tutti disse que todos devem ser respeitados, mas exigiu reciprocidade aos que são contra esta tese.


jmv sim
SOSDesaparecidos.fw.png
Anuncio-Vendas2-01-01.jpg
Logo_ JMV.png

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados | Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina