EDITORIAS

ASSINE

ANUNCIE

Campanha da Fraternidade Ecumênica

Foto: Divulgação

Com o tema: Fraternidade e diálogo: compromisso de amor e o lema: "Cristo é a nossa paz: do que era dividido, fez uma unidade (Efésios 2,14a)" foi lançada na Quarta-Feira de Cinzas, dia 17 de fevereiro, a Campanha da Fraternidade.



Nesse ano de 2021 a Campanha da Fraternidade Ecumênica convida as comunidades de fé e pessoas de boa vontade a pensarem, avaliarem e identificarem caminhos para superar as polarizações e violências através do diálogo amoroso, testemunhando a unidade na diversidade.

Segundo nota da pastora presidente da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB), Silvia Beatrice Genz, desde o ano 2000 acontece, em intervalos de aproximadamente cinco anos, a Campanha da Fraternidade Ecumênica (CFE). "A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), da Igreja Católica Apostólica Romana, convida igrejas e instituições a colaborar na definição do tema e na elaboração de materiais. A Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (IECLB) participou ativamente na preparação da CFE 2021, que tem como tema: "Fraternidade e Diálogo: Compromisso de Amor. O lema bíblico que fundamenta a Campanha é: Cristo é a nossa paz. Do que era dividido, fez uma unidade" (Efésios 2.14)".

De acordo com Silvia, a CFE é manifestação de diálogo, expressão do compromisso de amor para a promoção da paz. "Ela é uma ação concreta na busca da unidade em Cristo, da qual participam muitas comunidades. No ano 2000 aconteceu a 1ª Campanha da Fraternidade Ecumênica, em que outras igrejas cristãs, membros do Conselho Nacional da Igrejas Cristãs do Brasil (Conic), integraram esta iniciativa da Igreja Católica. Neste ano estamos vivendo a 5ª Campanha da Fraternidade Ecumênica".


Importância

Segundo os organizadores cada Campanha da Fraternidade Ecumênica "sinaliza que o diálogo é o nosso melhor testemunho. A fé nos lembra que Cristo é nossa paz e nos anima a prosseguir pelo caminho da unidade na diversidade. A Boa Nova do Evangelho nos une e acolhe nossas diferentes experiências de testemunho cristão. A escolha por testemunhar a fé vivida em diversidade desafia-nos para realizar a Campanha da Fraternidade Ecumênica 2021. Com ela, afirmamos que a fraternidade e o diálogo são compromissos de amor, porque Cristo fez uma unidade daquilo que era dividido (Texto Base da CFE, p. 8)".

A presidência da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou documento que reafirma a Campanha da Fraternidade como uma marca e, ao mesmo tempo, uma riqueza da Igreja no Brasil que deve ser cuidada e melhorada sempre mais por meio do diálogo. "Sobre o texto-base da CFE deste ano, os bispos afirmam que a publicação seguiu a estrutura de pensamento e trabalho do Conic, Conselho responsável pela preparação e coordenação da campanha da fraternidade em seu formato ecumênico. "Não se trata, portanto, de um texto ao estilo do que ocorreria caso fosse preparado apenas pela comissão da CNBB".


Diocese de Blumenau

Já a Diocese de Blumenau, segundo informações da Assessoria de comunicação na Diocese, padre Raul Kestring, a celebração de abertura da 5ª Campanha da Fraternidade Ecumênica será realizada dia 21 de fevereiro, às 17h, na Catedral São Paulo Apóstolo. "Em Blumenau e região, o Núcleo Ecumênico de Blumenau, que agrega três Igrejas, Católica Apostólica Romana, Evangélica de Confissão Luterana no Brasil e Evangélica Luterana do Brasil, através de seus representantes, encarregam-se da animação da Campanha. Entre os blumenauenses e circunvizinhos, deseja-se fomentar ações concretas de diálogo, respeito e promoção dos mais fragilizados, base de uma convivência pacífica, feliz e promotora de desenvolvimento", informa o padre.

O padre Raul Kestring explica ainda que há mais de 50 anos a Igreja no Brasil realiza uma Campanha da Fraternidade, que inicia no tempo da Quaresma. "Ela não substitui nem concorre com a Quaresma, mas é ocasião de perceber que o apelo do Senhor à conversão não é genérico ou abstrato. O Senhor nos chama à conversão no contexto em que estamos. A conversão, que é pessoal, passa também pela vivência comunitária, eclesial e social. É bonito perceber que a Campanha da Fraternidade resulta também em obras concretas de promoção e defesa da vida, fruto da Coleta da Solidariedade, que acontece sempre no Domingo de Ramos. Em 2021, será no dia 28 de março".




jmv_transparente.png
Editora Jornal do Médio Vale
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855
Sobre o Jornal | Expediente | Assine | Anuncie
icon_facebook.png
icon_youtube.png