EDITORIAS

ASSINE

ANUNCIE

Godinho explica cancelamento dos Jasc

O presidente da Fesporte Rui Godinho da Mota concedeu essa semana uma entrevista exclusiva ao editor esportivo do JMV, André Schroeder (Pilo). A conversação ocorreu via Live nas mídias sociais do Facebook e Youtube, na quarta-feira, dia 08, e teve a duração de cerca de uma hora. O foco principal abordado foi a nota oficial da entidade cancelando a 60ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), um dia após o site da Fesporte ter anunciado a realização da etapa estadual em três municípios catarinenses (Rio do Sul, Balneário Camboriú e Timbó).



Godinho explicou que por conta da Covid-19, o evento este ano seria realizado em três blocos e obedecendo todos os protocolos de segurança, entre os quais os testes rápidos e ações estabelecidas pela Portaria nº 703 da Secretaria Estadual de Saúde, que define critérios para a retomada dos eventos e competições esportivas organizados pela iniciativa privada e pela própria Fesporte.


Programação

O bloco 1 estava definido para os dias 20 a 22 de novembro, em Rio do Sul, com o Futebol, Futsal, Vôlei, Bolão 23, Ciclismo, Tiro, Bocha, Tênis e Punhobol.Já o bloco 2 seria realizado entre os dias 25 e 28 de novembro, em Timbó, com o Atletismo, Basquete, Bolão 16 e Xadrez. Já o Bloco 3 teria como sede Balneário Camboriú, nos dias 3 a 6 de dezembro com as competições de Triatlon, Vôlei de Praia, Jiu-jítsuo, Judô, Caratê, Taekwondo, Handebol e Tênis de Mesa.


Cancelamento

 Porém em reunião posterior com membros do Conselho Estadual de Esporte (CED) e do Tribunal de Justiça Desportiva do Estado de Santa Catarina (TJD/SC) o maior evento poliesportivo do sul do país foi oficialmente cancelado, motivado pelo momento ainda instável nas ações de contenção do novo Coronavírus, quando já atingido o mês de outubro, e a inviabilidade técnica.

" Todos os procedimentos necessários para tentar viabilizar as competições foram tomados até o último instante, porém o respeito aos municípios catarinenses com relação a tempo, organização e recursos, e de forma que nenhum deles fosse lesado acabou também influenciando na decisão", explicou Godinho de forma triste, porém responsável e consciente".


Temporada 2020

O presidente disse ainda que apesar de não haverem sido realizadas competições, o ano de 2020 foi bastante produtivo em termos de gestão esportiva. Citou o sistema de gestão esportiva em desenvolvimento dividido em três partes: 1) cadastro; 2) gestão de eventos (súmulas, boletins, regulamentos) e 3) gestão interna (otimização de ferramentas, como site oficial e programas administrativos).

 A realização de repasse de recursos visando a melhorias de estrutura em instalações esportivas, aquisição de veículos e de equipamentos para prática de esportes e atividades físicas, entre outros, e a entrega de materiais esportivos, por meio do Fundo Social além do apoio e parceria na realização de cursos on-line na área do esporte foram comentados por Godinho.

O encaminhamento para a Casa Civil de Santa Catarina de proposta de projeto de lei para aplicação do orçamento que seria destinado ao evento como auxílio emergencial a atletas catarinenses também foi alvo de comentários do dirigente.

Após um bate-papo sobre outras questões esportivas, Godinho finalizou confirmando o município de Jaraguá do Sul como sede dos Jasc em 2021.

Confira a íntegra da entrevista acessando o QR Code abaixo.


jmv_transparente.png
Editora Jornal do Médio Vale
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855
Sobre o Jornal | Expediente | Assine | Anuncie
icon_facebook.png
icon_youtube.png