EDITORIAS

icone_assinatura.png

ASSINE

icone_anuncio.png

ANUNCIE

Linha de ônibus dos estudantes é criada

10 Agosto 2018 13:56:00

Objetivo é atender alunos do período noturno que estudam nos colégios normais ou técnicos de Timbó

Foto: FOTO/R2

Greici Siezemel / JMV

greici@jornaldomediovale.com.br

TIMBÓ - Desde a madrugada de ontem, dia 9, exatamente às 3h50min, a empresa Expresso Presidente assumiu o transporte coletivo de Timbó. A mudança aconteceu após o rompimento de contrato entre a Prefeitura e a empresa Lancatur, por força de uma decisão judicial. As passagens sofreram um reajuste e passaram de R$ 3,60 para R$ 4,00. No primeiro dia de prestação de serviço da empresa, algumas alterações, como a redução dos itinerários e horários em praticamente 45%, geraram reclamações da população que usava essas linhas.

Por conta de algumas reivindicações, três linhas já sofreram alterações ainda na tarde de ontem. De acordo com o supervisor de Trânsito e Transportes do Departamento Municipal de Trânsito de Timbó (Demutran), Diogo Santos, houve adequações na Linha 01: Tiroleses/Dona Clara, com a adição do itinerário das 15h25m; na Linha 04: Trabalhador/Araponguinhas/Sentido Industrial, no horário das 12h40min o circular passará via Escola Padre Martinho Stein e na Linha 06: Trabalhador/Vila Germer/Sentido Terminal, no horário das 22h10min o circular passará via Escola Julio Scheidemantel.

A Prefeitura informou que teve dificuldades em encontrar uma empresa disposta a fazer o transporte coletivo do município. "As demais empresas não queriam fazer o transporte porque, analisando a geografia, o porte de Timbó e o número de usuários que utilizam os ônibus, tecnicamente não compensa pela bilheteria. Inclusive, municípios com a geografia de Timbó não tem transporte público. Foi um erro instituir isso no passado, pois o estudo feito na época acusou que Timbó teria 100 mil usuários por mês e hoje não chega a 30 mil. Como as pessoas acostumaram, fica difícil tirar", observa o assessor de comunicação da Prefeitura, Sócrates Prado.

O contrato feito com a Presidente é emergencial e tem prazo de 12 meses e o município se comprometeu em subsidiar os valores que não serão alcançados pela bilheteria. A empresa se comprometeu de, no prazo de 60 dias, iniciar as instalações do sistema eletrônico de passes no município, através de cartão. "Dessa forma, a Prefeitura vai ter uma ideia exata do que acontece com o transporte coletivo em Timbó. Em cima disso, vamos fazer uma licitação que seja condizente com a realidade daqui para que uma empresa faça o transporte após esses 12 meses".

Estudantes e trabalhadores

A Prefeitura lembra ainda que todas as alterações foram feitas para garantir, principalmente, as linhas para estudantes e trabalhadores. "Antes, muitos ônibus passavam na frente das casas, isso acabou. Os novos itinerários vão fazer o serviço apenas pelas principais ruas da cidade e pensando nesses usuários".


Nova linha dos estudantes começa a operar na noite desta hoje

O Departamento Municipal de Trânsito - Demutran de Timbó, informa que foi criada mais uma linha no novo transporte coletivo urbano realizado desde ontem pela Expresso Presidente. Esta linha vai sair do Terminal Urbano Donigo Wolter, no Centro, às 22h25min, em direção aos bairros Araponguinhas, Vila Germer e Quintino, retornando ao Terminal. Ela vai se chamar Linha dos Estudantes, porque irá atender principalmente os alunos do período noturno que estudam nos colégios normais ou técnicos da cidade. 

Carona solidária

A orientação da administração municipal é de que aqueles que tiveram o itinerário excluído procurem a carona solidária. "Conversem com os vizinhos da rua que estão fazendo o mesmo trajeto que você faz. É uma alternativa e uma iniciativa bem legal: você economiza, ajuda a pessoa no combustível e ajuda ainda o meio-ambiente", observa Sócrates.

Alunos da Mulde

No fim da tarde de ontem a Prefeitura informou à redação do JMV que o Governo de Santa Catarina entrou em contato com o Departamento de Trânsito do município para solicitar três orçamentos para fazer o fretamento de uma turma de 18 alunos da Mulde. Esses alunos ficaram sem o itinerário urbano nesse novo contrato com a Presidente. "A partir de segunda-feira, dia 20, o Estado já deve atender esses alunos. A Prefeitura não teria como atender porque iria encarecer muito. Na licitação que será elaborada, pretendemos incluir as linhas que foram excluídas".

Passes

 A Prefeitura vai notificar a empresa Lancatur para que ela efetue o ressarcimento para os usuários que possuírem passes antigos, comprados com antecedência nos escritórios da empresa.

Transporte em Rio dos Cedros

Moradores da comunidade de Santo Antônio, em Rio dos Cedros, nas proximidades da divisa com Timbó, estão preocupados com as mudanças no transporte coletivo. Como a empresa Lancatur trazia trabalhadores de Santo Antônio até o Centro de Timbó, devido à mudança, isso não vai mais acontecer. Os moradores do município vizinho terão suas rotinas diretamente afetadas e muitos terão de acordar até 1 hora mais cedo e ainda pagar mais caro para conseguir chegar em seus trabalhos.



jmv_transparente.png
Editora Jornal do Médio Vale
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855
Sobre o Jornal | Expediente | Assine | Anuncie
icon_facebook.png
icon_youtube.png