EDITORIAS

ASSINE

ANUNCIE

Luz, câmera: oração!

Comunidades buscam transmitir palavras de reflexão com música neste momento de isolamento social

Clarice Graupe Daronco / JMV
Foto: DIVULGAÇÃO

TIMBÓ - "Já faz um bom tempo que vivemos cercados pela tecnologia e as novas ferramentas de comunicação, redes sociais, etc. Tudo isso facilita a transmissão de informações e por isso é importante também saber discernir o que é saudável ou não. Mas o uso destas ferramentas desafiou, especialmente, algumas gerações que têm se esforçado para acompanhar a evolução deste sistema de comunicação e interação. Basta você pensar em sua família: quem nunca precisou pedir ajuda para o adolescente da casa para resolver algo no computador ou celular? E, de repente, ficamos pasmos com a forma como nosso filho de 10 anos nos ensina algo novo!".

Com essas colocações a pastora da Comunidade Luterana Trindade, Mirian Ratz, inicia a entrevista que tem como foco vinculação de cultos e momentos de louvor online. "A pandemia da Covid-19 e a necessidade do isolamento social aproximou ainda mais as pessoas das ferramentas tecnológicas, especialmente as que possibilitam relacionamento pessoal. Agora, na palma da mão, podemos interagir com o mundo todo. Diante disso, as igrejas também precisaram procurar uma nova forma de continuar divulgando a Palavra de Deus. Ainda que para algumas congregações essa já era uma ferramenta bastante conhecida e explorada, para a maioria das igrejas a necessidade de contato com as famílias fez surgir uma série de novas possibilidades. Hoje podemos passar o dia todo acompanhando a celebração de cultos e missas", observa a pastora.

Segundo Mirian, em Timbó, todas as comunidades luteranas também têm se dedicado aos novos desafios. "Pastora, pastores e lideranças se empenham para que o contato com as famílias permaneça, mesmo que de forma virtual. Além das páginas nas redes sociais, aplicativos de conversa auxiliam muito, sem esquecer o saudoso telefone fixo, que toca bem menos depois do acesso aos celulares".

A pastora relata que na Comunidade Luterana Trindade, no bairro das Nações experimentou-se conciliar os momentos de reflexão com a música. "Através do apoio do professor Marcos Klabunde e dos nossos musicistas, arriscamos interagir com as famílias e tornar os momentos de reflexão carregados de alegria e ânimo. Não somos profissionais. Às vezes precisamos repetir inúmeras vezes até que esteja pronto para compartilhar. Até quando uma live acontece, e nem tudo sai como combinado, nos alegramos em poder usar a criatividade para minimizar os defeitos técnicos. O principal objetivo é criar momentos para estarmos mais próximos das famílias, onde realmente a fé precisa ser fortalecida e vivenciada".

Mirian afirma que as comunidades Evangélicas de Confissão Luterana em todo o Brasil (IECLB) continuam sem atividades presenciais até o dia 31 de maio. "A presidência da IECLB junto com os pastores e pastoras sinodais tem acompanhado a situação e as decisões são tomadas com o objetivo de preservar e cuidar da vida. No momento certo, queremos retornar. Estamos ansiosos em fazê-lo, mas não podemos ser descuidados".

A pastora informa que de 21 a 29 de maio acontece a Semana de Oração pela Unidade Cristã (SOUC) cujo tema é: "Gentileza gera gentileza" (Cf. Atos 28.2). "A SOUC é ecumênica e tem sido sempre um momento especial em Timbó. Fique atento à programação que será transmitida através da página da Paróquia e Comunidades, no Facebook", adianta Mirian ao frisar: "que você possa aproveitar esse tempo para que a Palavra de Deus e a oração fortaleçam seu lar".


DIVULGAÇÃO/




jmv_transparente.png
Editora Jornal do Médio Vale
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855
Sobre o Jornal | Expediente | Assine | Anuncie
icon_facebook.png
icon_youtube.png