EDITORIAS

ASSINE

ANUNCIE

Polêmica: Falta de ar-condicionado em escola e NEI

Atraso das empresas resulta na não ligação dos aparelhos no Nestor Margarida e no Sonho de Criança

Clarice Graupe Daronco / JMV
Foto: Paula Leitão/PMT
Sede do NEI Sonho da Criança passa por reformas e ampliações

TIMBÓ - Nesta semana o vereador Haroldo Fiebes relatou duas situações que estavam sendo vivenciadas junto à Escola Nestor Margarida e ao Núcleo de Educação Infantil (NEI) Sonho da Criança. "Nos dois educandários as crianças estão sem permissão para a utilização do ar-condicionado". Segundo o vereador, a Escola está em obras. "Obras que já deveriam ter sido entregues no ano passado e que agora causam tamanho transtorno para as crianças, principalmente nestes dias de calor".

O vereador mostrou fotos da obra e também questionou a implantação da escada de emergência que foi feita para dentro do pátio, ocupando um espaço de lazer dos alunos. O vereador também mostrou fotos do NEI Sonho de Criança. Segundo ele, as crianças estão em um local provisório que não tem ar-condicionado instalado. Fiebes também apresentou um ofício da Secretaria de Educação dizendo que os funcionários não devem ligar o ar-condicionado para que não ocorra nenhum problema na estrutura. "Visando primar pelas crianças, determinaram a suspensão do uso do ar-condicionado".


Contra ponto da Educação 

Após as declarações do vereadores serem copiladas nas redes sociais, o secretário de Educação Alfroh Postai através da Assessoria de Imprensa da Prefeitura repassou aos meios de comunicação a informação que o problema que ocorreu na Escola Nestor Mararida, que não permitiu a unidade escolar usar os equipamentos de ar-condicionado, aconteceu em razão do atraso na entrega da obra por parte da empreiteira. "A mesma, inclusive, já havia sido notificada por não cumprir os prazos contratuais. A obra já deveria ter sido entregue pela empresa final do ano passado".

De acordo com o secretário na obra de ampliação da Escola Nestor Margarida estão sendo investidos cerca de R$ 2 milhões. As novas salas trarão mais conforto, irão melhorar os espaços pedagógicos e servirão para abrigar as aulas do contraturno escolar, como já acontece nas escolas Tiroleses e São Roque. "Prezando pela segurança dos alunos e professores, e da direção da Escola a própria Secretaria de Educação acolheu a solicitação da Secretaria de Planejamento, que orientou para que os aparelhos de ar-condicionado fossem desligados por haver perigo de uma pane elétrica. Mesmo com a obra ainda incompleta por atraso da empreiteira, a Prefeitura buscou agilizar a instalação elétrica definitiva e acordou 30 dias de prazo com a Celesc, dos 120 dias de prazo que por direito ela tem para ampliar a rede. Mas, como o prazo não é fechado, a expectativa é que nos próximos dias a rede elétrica de maior eficiência possa ser finalizada e os aparelhos de ar-condicionado ligados em sua totalidade".

Já sobre a escada de saída de emergência da Escola Nestor Margarida, Postai afirma que ela é uma exigência do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, no que diz respeito à prevenção contra incêndios. "Inclusive, o projeto inicial foi alterado a pedido dos Bombeiros e emitido laudo de aprovação do projeto em 21 de julho de 2017 e, portanto, sua execução".

NEI Sonho de Criança

No que tange à falta de ar-condicionado na sede provisória do NEI Sonho da Criança, o secretário informou que até o meio-dia de ontem, dia 20 de fevereiro, o sistema de ar-condicionado com todos os aparelhos estaria funcionando. "A informação é da própria empresa licitada para realizar os serviços. Após ter sido aberto cinco chamados, ela assumiu que houve atraso na instalação dos aparelhos de ar-condicionado".

Postai explica que o NEI Sonho da Criança está passando por uma ampla reforma em sua sede própria, localizada no antigo prédio do CSU, no bairro Quintino. "Estão sendo investidos mais de R$ 1 milhão em todo projeto o que vai proporcionar mais segurança e qualidade na educação das crianças e para o trabalho dos servidores público, além de que ele se tornará o NEI modelo do município. O NEI Sonho da Criança já é a maior estrutura de Timbó em quantidade de atendimentos, tendo capacidade para 300 matrículas e, com a reforma, a capacidade de atendimento expandirá para até 400 crianças".

De acordo com o profissional, como agora a obra avançou para dentro da estrutura do antigo CSU, a Secretaria de Educação teve que transferir todo o atendimento para outro lugar, visando a segurança das crianças. "Foi então procurado um local mais próximo do prédio em reforma, para não causar transtornos aos pais. Mesmo com o desconforto momentâneo da sede improvisada a estrutura já passou pelas vistorias do Corpo de Bombeiros e da Vigilância Sanitária", observa.



jmv_transparente.png
Editora Jornal do Médio Vale
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855
Sobre o Jornal | Expediente | Assine | Anuncie
icon_facebook.png
icon_youtube.png