EDITORIAS

New-01-01.png

ASSINE

assi-01-01.png

ANUNCIE

Projeto Nação Verde

Interact Club de Timbó realiza mensalmente ações de conscientização e coleta de resíduos em pontos da cidade

Amanda Bittencourt/ JMV
Foto: Interact Club

TIMBÓ - A União que pode fazer a diferença para preservação do meio ambiente. Assim podemos definir o "Projeto Nação Verde", que vem sendo realizado pelos Interact Clubs do Brasil. A proposta inicial está dividida em três partes principais, tendo como a primeira a conscientização dos próprios membros do clube através da palestra de um especialista na área de saneamento. O próximo passo se dá através da coleta de lixo mensal nas ruas da cidade, junto à conscientização das pessoas que passam pelas ruas. Por fim, plantio de árvores encerra o projeto.

O Interact Club de Timbó também aderiu á ação, que vem sendo desenvolvida pelos sete membros oficiais e cerca de oito convidados do grupo, com a contribuição também do Rotaract Club. Os membros estão realizando atualmente o recolhimento de lixo uma vez por mês em um ponto diferente da cidade.

De acordo com o presidente do Interact Club de Timbó, André Guilherme Theilacker, quatro ações de recolhimento já foram feitas, sendo a mais recente ocorrida no fim de outubro. "Começamos a coleta na praça Central e seguimos até o fim da rua Japão. Nesta ocasião recolhemos três sacos, dois de lixo e um de reciclagem".

Outras três ações já foram feitas anteriormente, nos meses de julho, agosto e setembro. "A primeira foi a coleta de lixo feita nas ruas próximas ao Pavilhão Henry Paul, em uma hora foi coletado um saco de resíduos, onde também foi notada a grande quantidade de chepas de cigarro espalhadas pela cidade", disse o presidente.

A segunda coleta, em agosto, compreendeu as principais ruas do bairro Araponguinhas. O terceiro dia de recolhimentos, em setembro, ocorreu no Parque Central e contando dessa vez com a ajuda do Rotaract Club, que auxiliou também na conscientização da população. "Até agora, com todas as ações juntas, cerca de nove sacos foram coletados", afirma Theilacker.

Sobre os materiais mais inusitados encontrados pelos voluntários, foram achadas pelo menos duas seringas com agulhas já usadas, uma cueca suja jogada em um canteiro da praça e pelo menos um quilo de cigarros que se encontravam dentro de um buraco, próximo a uma rua.

Além disso, os membros participaram de uma palestra com o presidente do Rotary Club Satélite de Timbó e também funcionário do Samae, Rodrigo Catafesta, a qual abrangeu o que é lixo e saneamento, qual a importância de cuidar do lixo e a importância de conscientizar a população sobre os danos ambientais.

A iniciativa tem beneficiado não somente os membros do grupo, que participaram de palestra e das coletas, mas também a comunidade que ao passar pelo local pôde perceber o trabalho que o grupo vem realizando, compreendendo assim que é preciso botar a mão na consciência e descartar o lixo corretamente.

Para finalizar, Theilacker diz que o sentimento do grupo em realizar ações como essa e poder ajudar o meio ambiente é de felicidade. "Mas sobretudo é uma sensação de dever cumprido, pois fazemos nossa cidade um lugar melhor de pouquinho em pouquinho. É também muito gratificante quando as pessoas apoiam a ação e nos parabenizam na rua, nos dá força para levar o projeto adiante". A próxima etapa da coleta está prevista para o fim de novembro.


Imagens



jmv_transparente.png
Editora Jornal do Médio Vale
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855
Sobre o Jornal | Expediente | Assine | Anuncie
icon_facebook.png
icon_youtube.png