EDITORIAS

New-01-01.png

ASSINE

assi-01-01.png

ANUNCIE

Sarampo: números de casos aumentam

Segunda etapa da campanha de vacinação será para adultos de 20 a 29 anos

Clarice Graupe Daronco / JMV

TIMBÓ - O sarampo está sendo um dos focos da campanha do Novembro Azul do Rotary Club de Timbó. De acordo com informações do presidente do Rotary, Jonas Danker, neste ano a campanha terá como foco a vacinação de adultos contra o sarampo e a febre amarela.

Danker explica que o tema trabalhado segue orientação da Secretaria de Saúde do município em razão do número de casos confirmados de sarampo em Santa Catarina ter tido um aumento de 31% em comparação com o relatório passado, divulgado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive-SC) que era de 45 pacientes.

"Na data de 4 de novembro, o estado registrou 59 casos de sarampo neste ano, conforme boletim da Dive. A vacina contra a doença está disponível nas unidades de Saúde gratuitamente".

Em entrevista a enfermeira da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Timbó, Michele Stolf, explica que a vacina é a única forma de se prevenir contra o sarampo.

"A campanha seletiva do sarampo de crianças de seis meses a menores de cinco anos aconteceu do dia 7 a 25 de outubro, neste período foram conferidas 567 carteirinhas de vacina e vacinadas 70 crianças de seis a 11 meses e 29 crianças de um ano", explica a profissional ao afirmar que ficou bem dentro do esperado.

Segundo ela, por se tratar de uma campanha seletiva, ou seja, só seria vacinado quem estivesse com a vacina em falta ou dentro da faixa etária do calendário de imunização, assim neste período da campanha foram muito mais conferidas as carteiras do que vacinadas as crianças. "Isso quer dizer que nossas crianças estão bem imunizadas. Da mesma forma vai ocorrer com os adultos de 20 a 29 anos que fazem parte da segunda etapa da campanha seletiva para sarampo que ocorre do dia 18 a 30 de novembro, sendo que o dia "D" será no dia 30".

Michele observa que nesta campanha direcionada aos adultos só vão vacinar quem estiver com ela em falta. "Os que estiverem em dia não recebem a vacina. Lembrando que pessoas de um a 29 anos devem ter duas doses de sarampo e de 30 a 49 anos uma dose".

A profissional frisa a importância de se procurar a Unidade de Saúde mais próxima, para verificar se a vacina está em dia ou não.

"Não é necessário aguardar o dia 18 da campanha para verificar as vacinas, basta ir até uma Unidade de Saúde, lembrando que também estaremos com a vacina da febre amarela disponível em todas as unidades de Saúde".


Vacinação no estado

De acordo com o relatório do Ministério da Saúde, Santa Catarina está entre os 14 estados da Federação que atingiram a meta de vacinação de sarampo de 2019 para crianças de seis meses a menores de um ano de idade. A cobertura no estado atingiu 103,43% da meta, o oitavo melhor desempenho do país. 

Segundo o relatório divulgado nesta semana, 221 dos 295 municípios catarinenses ultrapassaram a marca de 95% de cobertura nesta faixa etária. O investimento no estado foi de R$ 6,91 milhões, fração dos R$ 206 milhões liberados pelo Governo Federal para todo o país.

Das 331 mil crianças de seis meses a cinco anos no estado, foram vacinadas mais de 300 mil. Segundo o Ministério, ainda faltam 31.102 crianças, cerca de 9,4% do total.




jmv_transparente.png
Editora Jornal do Médio Vale
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855
Sobre o Jornal | Expediente | Assine | Anuncie
icon_facebook.png
icon_youtube.png