EDITORIAS

ASSINE

ANUNCIE

Trailer do Dr. Honesto ganha fama nacional

Criador da iniciativa conta o que mudou após ter participado de um quadro no Caldeirão do Huck

Amanda Bittencourt/ JMV
Foto: ANDRÉ HAHNEBACH/JMV

RODEIO - É possível que você já tenha ouvido falar do trailer do Dr. Honesto. Localizado na BR 470, km 85,5, em Rodeio, a iniciativa ficou famosa após aparecer recentemente no programada de televisão da rede Globo, o Caldeirão do Huck. O JMV foi até lá para saber o que mudou na vida do idealizador da iniciativa e presidente da Comunidade Terapêutica Vida Nova, Renato Lagatta, depois de ter ganho essa visibilidade nacional.

Segundo Renato, daquele dia em diante, um "tsunami" do bem começou a chegar. "A matéria do Luciano Huck veio numa boa hora e ajudou a alavancar nossas vendas tanto no trailer do Dr. Honesto I como no Dr. Honesto II", destacou.

Além disso, o idealizador afirma que a credibilidade tanto regional como em nível Brasil foi grifada, e a casa de acolhimento passou a ser visualizada com outros olhos. "Nosso trabalho é feito totalmente sem fins lucrativos, e passamos a receber mais doações de roupas e alimentos. Inclusive está chegando tanto alimento que estamos encaminhando para pessoas carentes da região que também estão precisando", completa.

Com a comoção da história, Luciano Huck presenteou Renato e sua esposa com maquinário para cozinha industrial, curso de panificação e um caminhão de refrigerante. Tudo isso porque os itens à venda, como pães e doces, são feitos em casa pela família do Renato.

Infelizmente, um dia após a gravação do programa, um ciclone bomba atingiu diversas regiões de Santa Catarina, o que ocasionou no destelhamento de parte da casa de apoio e por isso Renato reforçou que a repercussão do Dr. Honesto havia chegado numa boa hora e que já estava recuperando partes do que havia sido destruído. 



A história

  Renato conta que a Comunidade Terapêutica Vida Nova, criada para acolhimento de andarilhos e moradores de rua, estava prestes a fechar após 12 anos de trabalho. Por viver filantropicamente, não tinha mais condições de manter as portas abertas, chegando a um momento em que foi preciso colocar recursos próprios para pagar contas de água e luz, por exemplo.  

A ideia surgiu a partir de iniciativas semelhantes que já vem sendo realizadas na Europa, onde locais não possuem atendente e o consumidor pega o item que desejar e paga por isso deixando o valor em uma caixinha. "Meus parentes disseram que eu era louco, que iriam levar o trailer, os doces e tudo. Eu falei que iria tentar essa última tacada e graças a Deus o Dr. Honesto I e II está dando um bom resultado para ajudar a casa e também na aquisição de remédios, alimentos, entre outras despesas".

Mas e porque o nome de Dr. Honesto? Bom, Renato explica que tinha que batizar o trailer, então pensou como era um sistema autônomo, não ia ter ninguém para atender, o pagamento teria que ser na base da honestidade. "Pensei em colocar Dr. Honesto porque a pessoa via e se sentia bem praticando o ato da honestidade", completa.

Para finalizar, Renato agradece a todos que tem ajudado nesse projeto e convidou a quem passar pela BR 470, que se puder, pare, adquira um produto e colabore com a iniciativa. "Você vai ajudar não apenas uma pessoa, mas todas que estão sendo acolhidas hoje e muitas outras que ainda vamos receber".






jmv_transparente.png
Editora Jornal do Médio Vale
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855
Sobre o Jornal | Expediente | Assine | Anuncie
icon_facebook.png
icon_youtube.png