EDITORIAS

New-01-01.png

ASSINE

assi-01-01.png

ANUNCIE

Vale Europeu e a arborização

04 Dezembro 2018 16:52:35

Integrantes da ONG Equilíbrio Vital buscam por parceiros para desenvolver projeto inovador em Timbó

Clarice Graupe Daronco / JMV
Foto: FOTOS/DIVULGAÇÃO

Clarice Graupe Daronco / JMV

clarice@jornaldomediovale.com.br

TIMBÓ - - "A maioria de nós sonha com uma cidade arborizada, bonita, bem planejada, segura, limpa e florida". Com essa frase o engenheiro agrônomo Haro Kamp, da ONG Equilíbrio Vital, apresenta um novo e ousado projeto que tem o objetivo de arborizar a cidade de Timbó e municípios do Vale Europeu. "O projeto será lançado oficialmente hoje, dia 4 de dezembro, às 18h, pela Tribuna Livre da Câmara de Vereadores".

Segundo o profissional, todos nós, em sua grande maioria, temos a consciência da grande importância (cênica, ambiental e ecológica) das árvores para nós e para o meio ambiente. "Com o desenvolvimento acelerado (sem planejamento adequado) nossas cidades não tem se preocupado com o passivo ambiental e muito pouco tem sido feito para evitar um colapso ambiental/climático", observa ele ao comentar que a cada ano tem-se mais problemas com enxurradas, enchentes, falta de água potável, diminuição drástico do nível do lençol freático, aquecimento global (mais trovoadas/vendavais e granizo - cada vez mais fortes), aumento de doenças respiratórias e nervosas (estresse), aumentando o custo da saúde pública, que também é responsabilidade do município.

Por essa razão o engenheiro através dos integrantes da ONG Equilibrio Vital observa que é necessário, de forma urgente, que o tema "Arborização Urbana" faça parte das preocupações da população e que a mesma tenha uma postura e participe desta responsabilidade, se oferecendo para contribuir, ser parceira, e assim viabilizar a arborização na cidade. "Isto também é cidadania, isto também é civismo!".

O engenheiro lembra que em 2019 Timbó festeja seus 150 anos. "Uma data incrível, onde comemoramos o caminho e as vitórias alcançadas até aqui. Um momento histórico, e nós estaremos participando dele. A ONG Equilíbrio Vital, reconhecida pelo seu trabalho de quase 14 anos de castração de animais de rua, vem propor à comunidade de Timbó mais uma vez dar o exemplo, e ser o primeiro município a implantar um Projeto de Arborização Assertiva na região, e assim marcando de uma forma marcante o seu compromisso em garantir o desenvolvimento sustentável para os próximos 150 anos".

O profissional justifica o projeto destacando que a arborização urbana passa por um péssimo momento, na grande maioria das cidades; é comum vermos árvores mal plantadas, mal conduzidas, mal podadas, sem vigor. "Percebemos que não há um interesse ou compromisso sério, com responsabilidade, por parte do Poder Público e nem uma cobrança efetiva da sociedade".

Por essa razão a entidade e seus integrantes querem apresentar este projeto com o objetivo de que o mesmo seja abraçado não apenas pela Prefeitura, mas sim por todos os moradores de Timbó (escolas, associações de bairro, clubes de serviço, empresas, etc.), todos precisam se envolver e participar e criar espaços adequados e garantir o plantio e manejo correto das árvores.

De acordo com Kamp, o Projeto Vale Europeu de Arborização tem outros desdobramentos que são necessários para que o mesmo tenha êxito, entre eles a Preservação do Patrimônio Paisagístico que é um programa que prevê o cadastramento de árvores de grande valor (cênico e/ou histórico), e que após devidamente cadastradas no Sistema de Cadastramento de Arborização Urbana (SISARB) e avaliadas como aptas para o transplante farão parte do Patrimônio Municipal, e assim terão tratamento exclusivo, e não serão mais simplesmente eliminadas, mas sim transplantadas! "A ONG Equilíbrio Vital está propondo um projeto neste sentido, e busca formar parcerias para que ações efetivas sejam feitas para que possamos ter ainda mais qualidade de vida e fomento do tão desejado e propagado turismo".

O profissional adianta que primeiramente é necessário a formação de um grupo de voluntários (Brigada de Arboristas Voluntários) que querem efetivamente participar deste projeto, além de organizar e promover palestras e cursos de capacitação para leigos e técnicos/profissionais, a fim de que o conhecimento científico seja a base para o desenvolvimento de um projeto pautado na técnica; formar uma equipe de trabalho para elaborar um Plano Diretor de Arborização Urbana para o município e implantar o SISARB. "Essas são as primeiras e principais ações que os integrantes da ONG estão propondo com o objetivo de fazer com que o projeto de Arborização Urbana dê os primeiros passos para sua criação".

Para finalizar o profissional adianta que para a efetivação do projeto está sendo buscado apoio e patrocínio. "Precisamos de ajuda para alcançarmos a meta de plantar 150 árvores juvenis (com 4,5 a 6,5 metros de altura) pelos 150 anos do município, estas em trevos de acesso, canteiros junto a rodovias de acesso ao município, no parque central, em praças da cidade, usando árvores caducifolias, que perdem as folhas no inverno, acentuando assim a paisagem com um tom mais europeu no nosso Vale Europeu!".




jmv_transparente.png
Editora Jornal do Médio Vale
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855
Sobre o Jornal | Expediente | Assine | Anuncie
icon_facebook.png
icon_youtube.png