EDITORIAS

New-01-01.png

ASSINE

assi-01-01.png

ANUNCIE

Valorizando a agricultura familiar

14 Dezembro 2018 16:03:00

Profissionais da Epagri focam na orientação das famílias que trabalham na área rural

Clarice Graupe Daronco / JMV

TIMBÓ - "Como diz Mário Cortella, nós não podemos esquecer o sentido das coisas que fazemos, usando "sentido" na dupla acepção da palavra: como direção e como significado. Não basta saber o como fazer, mas, especialmente, o propósito, a razão, aquilo que está por trás do que se faz. Nosso conhecimento não pode esquecer o propósito, isto é, sua relevância ética, os motivos pelos quais faz aquilo que faz". Com essas colocações a extensionista Social da Epagri - Escritório de Timbó, Kátia M. Zimath de Mello fala sobre o trabalho que a Epagri realiza junto às famílias que atuam na área rural do município. 

De acordo com Kátia através da Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) os profissionais têm o papel de agentes de desenvolvimento social e econômico. "Segundo a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), nove em cada 10 propriedades agrícolas mundiais são geridas por famílias que produzem cerca de 80% dos alimentos do mundo. Em nossas pequenas propriedades são produzidos, transformados e alimentadas muitas pessoas. Por essa razão o acompanhamento e a convivência com estas famílias nos faz ver o valor e a riqueza que temos, não só pelo simples fato de produzir, mas de acompanhar a evolução individual e seletiva pela qual a agricultura passou".

Segundo a extensionista além de levar conhecimento técnico ao agricultor, o serviço da Ater aumenta as perspectivas ambientais, sociais, educacionais e organizacionais, contribuindo diretamente para que o agropecuário alcance bons resultados. "Nosso trabalho alia ação técnica e políticas públicas, integra investimentos públicos e faz chegar a todos as informações que buscam e pelas quais possamos contribuir. Fizemos essa breve avaliação ao chegarmos ao fim de mais um ano e com a certeza que as diversas atividades realizadas tiveram como foco repassar informações, troca de conhecimentos, parcerias e com a devida valorização da família que temos acompanhado ao longo destes anos. Que a busca de resultados positivos sejam sempre melhores para todos ao nosso redor, que a nossa singela contribuição vá de encontro ao crescimento de muitos. Nossa convivência nos mostra que além de profissionais temos que ser amigos, orientadores, ouvintes e saber que todos temos limites, saberes, aptidões e opinião própria".


Kátia afirma que entre as diversas ações desenvolvidas ao longo do ano destaque para os encontros dos grupos de mulheres que costumam se reunir e os participantes através do seu conhecimento repassam informações para os demais integrantes. "Estas informações e conhecimentos são compartilhados e todos contribuem repassando receitas de seus antepassados, dicas de ingredientes, seu modo de fazer e o mais importante desta ação está no cultivo das tradições na produção de doces e salgados para que essas receitas não se percam com o tempo. Essa ação está sendo muito proveitosa e o entusiasmo é grande entre todos os envolvidos".

Para a extensionista, valorizar as pessoas faz com que as mesmas se tornem mais interativas. "A percepção da riqueza que se constrói através desta troca é muito expressiva. Com o nosso modo de vida atualmente, sempre agitado e com muita correria no dia a dia, esquecemos que é nas pequenas coisas que encontramos a felicidade e a valorização dos nossos antepassados que está sendo esquecida. O saber cultural vai se esvaziando e a troca de valores é muito rápida. De alguma forma, mesmo singela, a nossa contribuição tem dado bons resultados. Temos que agradecer a todos os colaboradores das comunidades que estão sempre prontos, atendendo e beneficiando os demais", ressalta Kátia.

A profissional afirma que sempre é gratificante a participação, a presença e a colaboração destas famílias que ainda fazem parte da pequena área agrícola do município de Timbó e que estão aprendendo a importância de se valorizar e dar a sua contribuição para as demais famílias. "Essa constante integração das famílias auxilia na sua valorização pessoal, na cidadania, motivando e sensibilizando para a melhoria do convívio familiar e comunitário".





jmv_transparente.png
Editora Jornal do Médio Vale
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855
Sobre o Jornal | Expediente | Assine | Anuncie
icon_facebook.png
icon_youtube.png