EDITORIAS

New-01-01.png

ASSINE

assi-01-01.png

ANUNCIE

Os Cinquentões no Café Musical

14 Março 2019 19:38:00

Apresentação do Grupo faz parte das atividades programadas para os 150 anos do município

CLARICE GRAUPE DARONCO
Foto: Arquivo JMV

TIMBÓ - O Museu da Música - antigo Salão Hammermeister - está empenhado em cumprir com seu principal objetivo que é o de apresentar um atrativo a mais à comunidade, oferecendo atrações musicais, em um ambiente especialmente destinado à música e à dança durante sua história.  

Dentro da tradição do Museu sempre ao terceiro domingo de cada mês acontece o Café Musical. Neste ano, de acordo com o diretor presidente da Fundação Cultural, Jorge Ferreira, para comemorar os 150 anos da cidade de Timbó, os Cafés Musicais, que tem entrada gratuita, terão uma programação especial, com grupos musicais que fizeram parte da história da cidade.

A primeira apresentação deste ano e neste modelo aconteceu em fevereiro com a presença dos professores, do Coral e da Banda Jovem da Fundação Cultural de Timbó. A segunda acontece neste domingo, dia 17 de março, a partir das 9h30min, com entrada gratuita e com delicioso café para degustação dos presentes. Na parte musical o Museu receberá mais um grupo timboense, o Grupo Folclórico "Os Cinquentões".

Segundo informações o Grupo de bandoneonistas nasceu com o cinquentenário do município de Timbó, em 25 de março de 1984, de onde também surgiu seu nome. O grupo, que é mantido pela Prefeitura Municipal, através da Fundação Cultural, frequentemente anima retretas pela cidade, divulgando a Festa do Imigrante e também participa de festas tradicionais em Timbó e pelo estado.

Para o Grupo, é uma grande honra manter acesa a tradição musical do bandoneon. "Suas apresentações tem despertado o interesse de jovens e adultos em aprender a tocar o bandoneon, e por esse motivo a Fundação Cultural de Timbó, há alguns anos, incluiu em seus cursos esse instrumento, contribuindo assim para manter viva a tradição musical".

O bandoneon, instrumento de destaque do Grupo, foi trazido pelos imigrantes alemães na metade do século XIX e por muitos anos não era tocado em público em virtude da proibição do uso da língua alemã, italiana e de manifestações culturais durante a década de 1940, um dos reflexos da 2ª Guerra Mundial. Este fato também contribuiu para que, ao se resgatar as raízes culturais e musicais, a maioria dos instrumentistas seriam pessoas na faixa dos 50 anos.





jmv_transparente.png
Editora Jornal do Médio Vale
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855
Sobre o Jornal | Expediente | Assine | Anuncie
icon_facebook.png
icon_youtube.png