EDITORIAS

icone_assinatura.png

ASSINE

icone_anuncio.png

ANUNCIE

Qualidade na Educação: 50 anos de história

09 Março 2018 16:34:06

Escola Municipal Padre Martinho Stein realiza uma série de atividades para celebrar o seu cinquentenário

Clarice Daronco

lidade e a excelência na Educação a Escola Municipal Padre Martinho Stein comemora em 2018, 50 anos de história junto à comunidade timboense. De acordo com informações os festejos dos 50 anos da escola terão início no dia 23 e seguem até o dia 25 de março. De acordo com a diretora do educandário, Luíza Maria Felippi Antônio, são cinco décadas de compromisso com a Educação de Timbó na formação de cidadãos. "Além dos festejos que estão sendo programados, o que importa é contribuir para uma Educação básica de qualidade, preparando cognitivamente nosso alunado para seguir seus estudos, de modo que possa reverter o conhecimento adquirido para a melhoria de nossa cidade e cidadania".

Segundo a equipe diretiva, coordenada pela diretora, Luíza Maria Felippi Antônio, durante três dias serão realizadas atividades que vão de Noite das Memórias; apresentações culturais; Culto Ecumênico; Corrida Rústica, Caravana Sesc, Arvorismo; bolo alusivo aos 50 anos e Café Partilhado. A primeira atividade, que acontece no dia 23 de março, tem um caráter de pré-abertura dos festejos. Será a noite intitulada "Memórias". "A memória, segundo Bosi (1994), é o armazenamento de informações e fatos obtidos através de experiências ouvidas ou vividas. Partindo disso, nesta noite, muitas histórias e lembranças serão revisitadas através de um vídeo histórico com fotos, depoimento das diretoras, vídeo gravado pela TV escola, enfim será uma noite de agradecimentos e de homenagens", explica a diretora.

Após esta abertura oficial das comemorações, as atividades seguem às 19h30min, do dia 24, com a realização de apresentações culturais, no Ginásio de Esportes da Escola e em seguida haverá venda de X-salada e X-burguer. Na oportunidade acontece ainda o lançamento de um vídeo institucional para toda a comunidade escolar. Já no dia 25, último dia dos festejos oficiais, às 9h será realizado o Culto Ecumênico, junto ao Ginásio de Esportes da Escola. Após será realizada a Corrida Rústica, seguido de almoço de integração, com venda de churrasco, refrigerante e pastel. "Atrativos como a Caravana Move do Sesc e o arvorismo com o Clube de Desbravadores serão oferecidos para as crianças da comunidade escolar de maneira gratuita. Após o almoço haverá a partilha do bolo comemorativo do cinquentenário e o tradicional café, no qual os pais dos alunos fazem a doação de doces e salgados", relata a direção.

A diretora destaca ainda que durante esse dia será realizada uma exposição de objetos escolares antigos relembrando o início da Escola, bem como os uniformes, registros fotográficos, trabalhos escolares da época. "Organizaremos um mural, intitulado Árvore Genealógica, que conterá os nomes dos alunos que foram matriculados no início de cada ano, desde 1968, como também os concluintes. Haverá uma galeria, com fotos, das ex-diretoras e turmas de formandos das 8ª séries /9º ano", observa ela ao afirmar que toda a comunidade escolar está convidada para participar das comemorações realizadas nos dias 24 e 25 de março.

A equipe diretiva informa ainda que as atividades em comemoração aos 50 anos seguem durante todo o ano letivo de 2018. "Neste ano serão realizadas 50 ações educativas e festivas, marcando assim o ano do jubileu", observam eles ao afirmar que tiveram o cuidado de definir uma programação qualificada e abrangente, que pudesse retratar a história da escola e, também, delinear o seu futuro, propondo atividades com o objetivo de estreitar ainda mais as relações da instituição com a comunidade escolar.

"A proposta é deixar um legado para os futuros gestores, professores, funcionários, alunos da escola, enfim, para toda a comunidade escolar. A memória de uma instituição, como a escola, que é um dos espaços que mais marcam a vida das pessoas, se faz fundamental para a construção de sua própria formação, identidade e história. Partindo disso, pensamos nas 50 ações. É claro que elas ainda estão em construção e muitas poderão ser modificadas, mas queremos marcar o ano com muitas histórias e memórias".


História 

A Escola Municipal Padre Martinho Stein iniciou suas atividades em 23 de março de 1968, com o nome de Escola Isolada Benedito Margem Direita. A escola funcionava em um único turno e situava-se às margens da rua Marechal Floriano Peixoto, no bairro Padre Martinho Stein.

Devido ao crescimento da escola e ao fato de situar-se próxima à rodovia e não havendo mais espaço físico para ampliá-la, a Secretaria Municipal de Educação adquiriu um terreno, situado nos fundos da Escola. Assim, em 1984, como o número de matrículas aumentou significativamente, a Escola passou a denominar-se Escolas Reunidas Padre Martinho Stein, homenageando o primeiro pároco da Igreja Católica de Timbó, o padre Martinho Stein.

No ano de 1992, o município foi assolado por uma enchente, que atingiu, também, a escola. A necessidade da reconstrução devido as perdas advindas com a enchente e a acentuada procura de vagas para matrícula, fez com que a Associação de Pais e Professores (APP) solicitasse aos órgãos públicos municipais, responsáveis pela Educação, a aquisição de um outro terreno para a construção da nova escola. A Prefeitura de Timbó atendeu o pedido e através da Secretaria de Educação, designou dois terrenos situados à rua Rudolfo Piske, para construção do prédio.

Em 1995, a primeira etapa da obra foi concluída, iniciando a implantação, gradativa, da 5ª série do Ensino Fundamental II. Neste ano, a escola passou a denominar-se Escola Básica Padre Martinho Stein. Em cumprimento ao Regimento Interno das Unidades de Ensino, da Rede Municipal de Educação, de julho de 2000, no seu art. 1º, a escola passou a denominar-se Escola Municipal Padre Martinho Stein.


Curiosidades 

Há 50 anos, em 1968, a escola tinha 26 alunos; uma professora denominada de Verônica Valcanaia; classe era multisseriada; uma sala de aula; um banheiro; uma cozinha. Atualmente a Escola atende 523 alunos; divididos em 23 turmas; com 56 funcionários e 13 salas de aula. Conta ainda com uma biblioteca com atendente, sistema digitalizado para empréstimo, com mais de 10.000 livros no acervo; um laboratório de ciências; uma sala de informática; uma sala multifuncional; uma cozinha; um refeitório; um auditório; Rádio Escola "Onda Jovem"; banheiros, banheiros adaptados; uma brinquedoteca; bosque; área coberta para jogos; um ginásio de esportes; um campo com grama e estacionamento.

A escola oferece aulas de Música, Clube da Tecnologia, Clube de Língua Portuguesa, Clube da Matemática, Grupo de Leitores, Poetantes e Grupo Monteiro Lobato, Reforço Escolar.

No ano de 2016, a escola foi premiada pelo Ideb, programa do Governo Federal, como a quinta melhor escola municipal de Santa Catarina, nas séries finais.


Imagens


jmv_transparente.png
Editora Jornal do Médio Vale
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855
Sobre o Jornal | Expediente | Assine | Anuncie
icon_facebook.png
icon_youtube.png