EDITORIAS

New-01-01.png

ASSINE

assi-01-01.png

ANUNCIE

'Prevenção é o melhor remédio'

30 Novembro 2018 17:11:53

Municípios realizam ações alusivas ao Dia Mundial da Luta Contra a Aids

Bruna Laline Ramos / JMV

Bruna Laline Ramos / JMV

jornalismojmv@jornaldomediovale.com.br

TIMBÓ - O dia 1º de dezembro é a data em que é celebrado o Dia Mundial da Luta Contra a Aids. Somente no Brasil, já são 30 anos combatendo o HIV e os números de casos, bem como o número de óbitos por Aids, vem reduzindo. Os dados apontam que, de 1980 à junho de 2018, foram identificados mais de 900 mil casos de Aids no país, sendo que de 2012 a 2017, houve queda de quase 16%.

Essa redução se dá em razão da conscientização da população, que preza cada vez mais pela prevenção e, quando necessário, busca rapidamente pelo tratamento, afinal de contas, "prevenção é o melhor remédio". Mas, apesar dessa queda, os cidadãos precisam continuar cuidando de sua própria saúde. A recomendação, para que seja evitada a transmissão da Aids, é o uso de preservativo durante as relações sexuais, utilização de seringas e agulhas descartáveis e o uso de luvas para manipular feridas e líquidos corporais.

Em caso de suspeita de Aids, o Sistema Único de Saúde (SUS) disponibiliza testes rápidos para a detecção do vírus nas unidades de saúde. Em 2018, foram distribuídos 12,5 milhões de testes rápidos no país. O exame é feito de forma simples, rápida, de graça para o cidadão e o resultado sai em poucos minutos.

No município de Timbó, durante o ano de 2017, foram realizados mais de 10 mil testes rápidos, sendo que 30 novos casos de Aids foram descobertos. "Assim que é descoberto o vírus, o paciente passa a ser acompanhado no laboratório da Policlínica de Timbó, que possui Serviço de Atendimento Especializado", explica a coordenadora da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Timbó, Grasiele Campregher.

Segundo a coordenadora, todos os exames e consultas são feitos na Policlínica, inclusive a retirada de medicamentos. "Nesses 30 anos de combate a Aids, muita coisa evoluiu. Antes, quando a pessoa era infectada pelo HIV, sabia-se que não teria muito tempo de vida e passaria por muitos problemas de saúde. Mas, hoje, os soropositivos possuem uma vida normal, inclusive com a mesma expectativa de vida", explica.

Ainda de acordo com Grasiele, os próprios medicamentos evoluíram muito e melhoraram. "Agora, tomando apenas um ou dois comprimidos por dia, o paciente soropositivo, além de levar uma vida normal, tem a carga viral reduzida, ou seja, os medicamentos reduzem a quantidade de vírus, até que ele seja 'não detectado'", ressalta.

Segundo informações da Agência Saúde, dados apontam que, no Brasil, 73% das novas infecções de HIV ocorrem com pessoas do sexo masculino, sendo que a maioria tem entre 15 e 39 anos.As metas estipulam que até 2020 todas as pessoas vivendo com HIV no país sejam diagnosticadas; que 90% das pessoas diagnosticadas estejam em tratamento; e que 90% das pessoas em tratamento alcancem carga viral indetectável.


Em Timbó, a Secretaria Municipal de Saúde realizará neste sábado, testes rápidos de HIV, Hepatite B e C e Sífilis em toda a população, das 08h às 12h, na Praça da Thapyoka, no Centro. A campanha tem como lema "Eu me cuido, eu me testo, eu me conheço". "As pessoas não devem ter receio de fazer os testes. Pelo contrário: quanto antes descobrir, mais simples será para tratar", pontua a coordenadora da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Timbó, Grasiele Campregher.

A coordenadora explica que o teste rápido é feito a partir de um pequeno furo em um dos dedos e demora cerca de 30 minutos para apontar os resultados. "Não é necessário qualquer tipo de jejum ou avaliação médica, basta apresentar um documento com foto", acrescenta.Os testes são disponibilizados gratuitamente em todas as Unidades de Saúde do município e na Policlínica de Referência.

Além desta ação, a Secretaria de Saúde de Timbó está distribuindo folders informativos e preservativos nas Unidades de Saúde. "Qualquer um pode ter HIV ou outra doença sexualmente transmissível e não saber. Por isso a importância do preservativo, ele é sempre a melhor forma de prevenção", destaca Grasiele.


Rio dos Cedros

Em comemoração ao Dia Mundial da Luta Contra a Aids (1º de dezembro), alguns municípios da região estão se organizando para realizar ações alusivas à data, com o objetivo de orientar e conscientizar a população sobre a prevenção e o tratamento da doença.

Em Rio dos Cedros, a secretária de Saúde, Miria Floriani, afirma que o município vem conscientizando a população sobre a importância da luta contra a Aids, com a distribuição de folders e orientações, sugerindo a realização do teste rápido em todas as unidades de saúde. "Durante este ano de 2018, já foram realizados 320 exames em Rio dos Cedros. Todos os pacientes soropositivos do município são atendidos na referência, que é a Policlínica de Timbó.

Benedito Novo

Em Benedito Novo, segundo informações da responsável pela epidemiologia do município, Fernanda Valcanaia, atualmente há oito moradores da cidade, que têm entre 30 e 60 anos, que estão em tratamento de HIV, sendo acompanhados pela referência, que é a Policlínica de Timbó. "Neste ano, foram realizados 193 exames laboratoriais para HIV e 440 testes rápidos no município", afirma.  


Indaial

Em Indaial, o Ambulatório de Infectologia esteve aberto ontem, dia 29, para que a população pudesse fazer a testagem gratuita de HIV, Sífilis e Hepatites B e C. Além disso, cada unidade de saúde estabelecerá um cronograma para realização de atividades. Para isso, os moradores devem procurar suas unidades de referência para saber mais sobre as ações em alusão à data. 




jmv_transparente.png
Editora Jornal do Médio Vale
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855
Sobre o Jornal | Expediente | Assine | Anuncie
icon_facebook.png
icon_youtube.png