EDITORIAS

New-01-01.png

ASSINE

assi-01-01.png

ANUNCIE

Pedágio do Bem arrecada mais de R$ 44,7 mil

Ação foi realizada para ajudar o Menino Adriano, timboense de 9 anos que precisa de medicamentos de uso contínuo

Clarice Graupe Daronco
Foto: Divulgação

TIMBÓ - Sempre trabalhamos com a premissa de fazer o bem sem olhar a quem e quando "esse fazer o bem" envolve pessoas de Timbó o resultado não poderia ser outro. Um grupo de amigos se organizou e realizou no sábado, dia 10 de agosto, um Pedágio em prol do menino Adriano Junior Steinert Oliveira, de nove anos, que está precisando de recursos para a aquisição de medicamentos de uso contínuo, e o resultado foi na expressão gaúcha "de tirar o chapéu" devido à arrecadação ter somando o total de R$ 44.745,65. 

Em entrevista na Rádio 92 FM de Timbó, os organizadores, entre eles a jornalista Viviana Borchardt, relataram sobre o pedágio e falaram sobre a pessoa que encabeçou a ação. "Tudo começou quando o taxista Mércio Teikovski ouvi a reportagem que foi feita com a mãe do menino Adriano na Rádio 92 FM e ele teve a ideia do pedágio e contou com um grande grupo de pessoas, que se envolveu e foi às ruas para arrecadar o valor que a família precisa. Tinha muitos voluntários ajudando, inclusive pessoas de Blumenau, pessoas contribuindo de todas as formas e o resultado foi realmente especial para ajudar essa família e assim salvar uma vida". 

Para a organização foi uma questão de unanimidade se dar as mãos e ajudar essa criança. "Ao ouvir a entrevista da mãe e olhando para o menino veio a ideia de ajudar e buscando pessoas certas, vou possível em menos de 10 dias reunir muitos voluntários e fomos para a rua para arrecadar o valor. A ação foi muito emocionante pois não tinha quem não parava, já vinham com o dinheiro na mão para fazer a doação e não prejudicar o trânsito. Não tinha ser humano que não quis colaborar pois em menos de um minuto era possível contribuir para salvar uma vida", relata Teikovski.

Outra pessoa que esteve à frente da organização foi o timboense Marcos Gonzaga. O mesmo participou da entrevista e deixou sua mensagem. "Só quem viu, quando do valor arrecadado, a emoção nos olhos dos envolvidos sabe como foi importante essa ação. Um grupo que se tornou em 32 pessoas em menos de 10 dias, só temos que agradecer de coração, são pessoas fantásticas, maravilhosas, do bem. Atingimos o objetivo muito além do que pensamos, pois tinha pessoas a pé ou de bicicleta que também buscaram participar. Agradecemos a todo o povo timboense e regional que ajudou nesta causa tão nobre. Queremos agradecer ainda a um grupo de senhoras que fez a doação de R$ 2.450,00 para ajudar essa família e assim na tarde de ontem, dia 12 de agosto, foi realizado o depósito na conta da Eraci, mãe do menino, o total de R$ 44.745.65, importante observar que no sábado tinha sido divulgado o valor de R$ 44.614,00 mas teve uma oscilação de R$ 131.65 a mais", destaca ele ao observar que em contato com a mãe, a mesma informou que nesta semana já irá fazer a compra da segunda caixa do remédio. "Que Deus abençoe a todos e que o Adriano fique bom o quanto antes!".

Cuca Solidária
Além do Pedágio outras ações foram encabeçadas para ajudar o menino Adriano. Destaque para a "Cuca Solidária na Chez Duwe" que foi realizada nos dias 8 e 9 de agosto, quando a Chez Duwe Confeitaria, através da confeiteira, Graciela Duwe, realizou a confecção e venda de cucas de Caramelo e Flor de Sal, Churros, Banoffe e Banana com brigadeiro branco, cujo lucro reverterá para o menino. Em entrevista, Graciela relata que foram produzidas e comercializadas 1023 cucas, totalizando o repasse de R$ 5.115 na conta da mãe do menino. "Vamos continuar ajudando, durante o mês de agosto que é o aniversário de três anos da Chez Duwe, será repassado o valor de R$ 1,00 por cuca comercializada para a família do Adriano. Neste momento a Chez Duwe deixa o seu agradecimento a todos". Se você não conseguiu ajudar no Pedágio lembre que o menino precisa arrecadar o valor para a terceira caixa de remédio (Crizotinibe 200mg) de uso contínuo que custa mais de R$ 30 mil. Neste primeiro momento para a realização do tratamento Adriano precisa de três caixas de remédio continuo, para depois o pequeno passar por um transplante de medula. 

O menino que era aluno na Escola Municipal Professor Nestor Margarida, deixou a escola faltando três meses para completar a terceira série, após descobrir durante uma sessão de ultrassom em setembro de 2018 que está com linfoma anaplásico de grandes células grau quatro. "Em maio evoluiu na parte óssea no quadril, na coluna e no osso perto do pescoço, mas ainda não sabemos o nome certo e o grau em que se encontra", explicou a mãe Eraci. 

O tratamento é feito por sessões de quimioterapia, remédios e posteriormente, Adriano deve passar ainda por um transplante de medula no Paraná, em Curitiba. O fato é que os pais não conseguem garantir tudo o que a saúde de Adriano exige: hospital, tratamento, hotel em Curitiba e os remédios (Crizotinibe 200mg) de uso contínuo, por isso cada ajuda é muito bem vinda para essa família. 

Caixa Econômica Federal
Agência 08069
Operação 013
Nº Conta 51593.0
Eraci Steinert






jmv_transparente.png
Editora Jornal do Médio Vale
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855
Sobre o Jornal | Expediente | Assine | Anuncie
icon_facebook.png
icon_youtube.png