Acolhida marca celebração em Rodeio

Clarice Graupe Daronco
Foto: DIVULGAÇÃO PORTAL FRANCISCANOS

"Participar da missa em Rodeio é uma riqueza e um privilégio. Além da igreja linda, um centro de formação que garante a presença de freis preparados que sempre transmitem uma mensagem para a comunidade". Essa frase marca a importância da celebração que aconteceu no dia 15 de janeiro em Rodeio, na Igreja Matriz de São Francisco de Assis.

Segundo relatos do frei Samuel Ferreira de Lima, o Noviciado Franciscano de Rodeio viveu no dia 15 de janeiro de 2022 um dia histórico em seus mais de 120 anos de fundação (15 de junho de 1900). "Como definiu o Ministro Provincial, frei Paulo Pereira, a partir deste ano não é mais o Noviciado da Província da Imaculada Conceição que tem início, mas o Noviciado que vai acolher os jovens neste tempo da formação da Conferência dos Frades Menores do Brasil e do Cone Sul".

Na data aconteceu a Celebração Eucarística, no Noviciado São José, em Rodeio, oportunidade da realização do rito de Admissão dos Noviços 2022. Treze jovens foram acolhidos num clima de muita alegria: onze postulantes da Província da Imaculada Conceição do Brasil - - Almiro Luna Xavier, Erick Eduardo dos Santos, Felipe Miguel Fiamoncini, Felipe ZarosGranusso, Filipo Carpi Girão, Francisco Barbosa Mouzinho Junior, Lucas Alfredo Teston, Paulo Vitor da Silva, Samuel Cavalcanti do Amaral, Vilmar José Bittencourt Júnior e Yure de Oliveira Telles Souza; um noviço da Província São Francisco de Assis do Rio Grande do Sul - Evandro Siqueira; e um noviço da Província Argentina San Francisco Solano, Mateo Esteban Martinez Mikulic.

O Frei explica que um dos momentos mais simbólicos e emocionantes da admissão dos noviços é a veste do hábito franciscano. "Ali mesmo, durante a celebração, ele se veste e passa a ser chamado de Frei. Durante o ano de Noviciado, este hábito é provisório, já que o definitivo o noviço receberá quando fizer a Primeira Profissão, no término deste ano de provação. Durante o ano, os noviços intensificam a vida em comum, entre eles e com a Fraternidade Formadora da casa, e participam também de algumas atividades na própria comunidade eclesial e de celebrações das outras casas franciscanas da região".



Marcaram presença na celebração, representando a Província São Francisco de Assis, o Ministro Provincial frei Marino Pedro Rhoden, e representando a Província São Francisco Solano, o secretário da Formação e Estudos, frei Fernando Ferrario. Este momento de acolhida teve início quando o Mestre do Postulantado, frei Walter de Carvalho Júnior, que acompanhou esta turma durante o ano de 2021, em Guaratinguetá, em São Paulo, chamou um a um os noviços, que responderam: "Eis-me aqui!". Eles, então, fizeram o pedido ao Ministro Provincial, e foram aceitos. "Em seguida, num dos momentos mais belos e significativos da cerimônia, o Ministro Provincial abençoou os hábitos e os entregou a cada um. As vestes da provação são talhadas em forma de cruz, em sinal de maior adesão ao seguimento de Cristo. Com a ajuda de um grande número de frades que veio a Rodeio para esta celebração, os noviços vestiram os hábitos na sacristia e retornaram ao presbitério da Igreja São Francisco de Assis, onde assinaram o livro de Atas de Admissão ao Noviciado da Ordem dos Frades Menores. A oração terminou com a bênção de São Francisco".

A partir desta celebração, esses jovens estão sob a orientação do novo Mestre frei Samuel Ferreira de Lima e da Fraternidade do Noviciado. Frei Samuel, depois de ser mestre por nove anos no Noviciado, retorna a esta missão. Frei Samuel não esperava ser chamado para esta missão que cumpriu de 2010 a 2018. "Ainda estou meio anestesiado", contou. Mas ele está pronto para viver esta nova experiência, tendo em vista o "noviciado interprovincial". "Será um tempo de aprendizado. A gente vai conversar com as outras entidades para construir um itinerário conjunto. Vamos dizer assim que é uma experiência-piloto, onde vamos aprendendo a aproximar o que é que é comum nas entidades provinciais para fazer um caminho único. Então, sinto-me assim um pouco aprendiz", disse, mas reconhece que a experiência adquirida o deixa mais tranquilo, além de destacar a importância da equipe formadora do Noviciado.


Imagens


jmv_transparente.png
Editora Jornal do Médio Vale
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855
Sobre o Jornal | Expediente | Assine | Anuncie
icon_facebook.png
icon_youtube.png