EDITORIAS

ASSINE

ANUNCIE


Conselho Diocesano de Pastoral

Foto: DIOCESE DE BLUMENAU

"O Conselho de Pastoral da Diocese de Blumenau esteve reunido no dia 9 de outubro de 2021, em reunião ordinária, para tratar de diversos assuntos". A frase é do responsável pelo setor de Comunicação da Diocese, padre Raul Kestring.
De acordo com o padre o Conselho de Pastoral da Diocese de Blumenau é um organismo de assessoria e consulta do bispo diocesano, abaixo somente da assembleia geral. "Presidido por Dom Rafael Biernaski, atual bispo de Blumenau e dirigido pelo padre Carlos Evangelista da Silva, coordenador diocesano de Pastoral, os quarenta conselheiros, representantes de diversos organismos eclesiais, ativeram-se principalmente ao Sínodo Mundial da Igreja Católica Apos¬tólica Romana, convocado pelo papa Francisco".

Kestring explica que "a palavra sínodo deriva do grego: Sin = com + odós = caminho. Etimologicamente, significa, portanto, caminhar junto. Num mundo de ameaças sanitá¬rias, ecológicas, políticas, apontar o caminho conjunto para resolver esses dramáticos desafios torna-se fortalecimento da esperança".

Segundo o padre "o primeiro sínodo mundial católico ocorre à luz do tema: Para uma Igreja Sinodal: Comunhão, Participação e Missão. Envolvendo um bilhão e 300 milhões de pessoas que se declaram católicas, o Sínodo apresenta radical mudança. Até agora era restrito aos bispos, ao papa e assessores convidados. Este será o primeiro sínodo geral, envolvendo praticamente todo o povo de Deus. Pois, além das dioceses, paróquias, comunidades, ordens religiosas, movimentos eclesiais, pastorais, organismos internos, outros atores sociais que desejem opinar sobre as questões propostas poderão fazê-lo".


Kestring relata que um percurso metodológico obedece¬rá a etapas definidas cronologicamente: diocesano, nacional e continental, tendo a sua conclusão em outubro de 2023. Então, uma grande assembleia, no Vaticano, sob a presidência do papa, certamente traçará novos rumos e inspirações para a Igreja Católica. "A reunião do Conselho Diocesano trouxe motivações e orientações importantes às lideranças da Dioce-se de Blumenau para que se somem, cada uma no seu campo de ação, efetivamente, à norteadora caminhada mundial".

De acordo com o padre no dia 17 de outubro, na Cate¬dral São Paulo Apóstolo, em Blumenau, o bispo diocesano Dom Rafael Biernaski, presidirá missa de abertura do Sínodo para toda a Diocese. Por sua vez, os padres responsáveis de cada paróquia presidirão missa de abertura do mesmo even¬to planetário. "Na reunião do dia 9, com a bênção do bispo todos os presentes foram enviados para o novo empenho de trabalhar na messe do Senhor. De acordo com o sociólogo Francisco Borba Ribeiro Neto, coordenador do Núcleo Fé e Cultura da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 'nesta nova assembleia do Sínodo, o mais importante não serão as concussões, mas o processo de escuta e participação eclesial que ela deflagra'".

Kestring ressalta que durante a reunião Dom Rafael Biernaski afirmou que: "Uma Igreja sinodal, feita de co¬munhão, participação e missão, com certeza, desperta nos católicos e católicas novo sopro de Espírito para, com seus dons e carismas, ama-la, renová-la e embelezá-la. Diz o livro do Apocalipse (21,2): Vi a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, preparada como uma noiva adornada para o seu marido".


jmv_transparente.png
Editora Jornal do Médio Vale
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855
Sobre o Jornal | Expediente | Assine | Anuncie
icon_facebook.png
icon_youtube.png