EDITORIAS

ASSINE

ANUNCIE


Florada dos ipês

Clarice Graupe Daronco
Foto: By Pilo

Amarelos, roxos ou brancos. Quem circulou pelas ruas de Timbó nas últimas semanas se encantou com os ipês floridos. É normal com a chegada da Primavera, o município de Timbó ganhar novas cores e odores típicos da época.

Claro que a florada dos ipês amarelos é o que sempre chama mais atenção na cidade nesta época do ano. Embora a floração ocorra sempre nesse período, fica difícil não parar por alguns minutos e admirar a intensidade da cor da árvore considerada símbolo do Brasil.

Nas redes sociais muitas postagens sobre o volume das floradas, que ficaram ainda mais intensas por conta do Inverno mais rigoroso deste ano na região. Para quem gosta de visitar o Parque Henry Paul e até mesmo passar pela rua Benjamin Constant pode fotografar ou apenas guardar na memória uma das mais bonitas manifestações da natureza nesta estação.

Em entrevista à redação do JMV, a engenheira Florestal Fernanda Laís Wachholz, colaboradora da Euro Ambiental destaca: "a Primavera está chegando! E quem anuncia nobremente a nova estação são os lindos ipês amarelos (Handroanthus albus) que estamos acostumados a ver florir a cada ano, embelezando ainda mais nossas ruas, jardins, pastos e todos os demais cantos da nossa cidade".



Segundo a profissional, "pertencentes à família Bignoniaceae, os ipês amarelos alcançam em média 10 metros de altura e costumam ter vida longa, acompanhando várias gerações. As flores amarelas que inevitavelmente chamam a atenção duram poucos dias, mas duram tempo suficiente para que a natureza possa fazer sua parte, já que não somos os únicos a sermos atraídos por elas. Pássaros e abelhas são os principais responsáveis pela polinização da árvore e, consequentemente, por permitir que a espécie perpetue".

Fernanda destaca que "além de encantar, o ipê amarelo também é muito importante para as atividades antrópicas, principalmente quando falamos da sua madeira que possui características marcantes, como seu peso significativo, sua alta durabilidade e sua coloração escura no cerne (parte interna do tronco). Utilizada, em sua maioria, na construção civil a madeira do ipê é usada para fabricação de assoalhos, mourões, vigas, pontes, entre outros".

A profissional observa ainda que "já sua entrecasca possui propriedades medicinais quando infusionada, sendo benéfica para o tratamento de dores de garganta causadas por inflamações locais e como diurética. Diante de tantas características, nos resta apreciar sua beleza e aproveitar conscientemente suas qualidades, sempre nos preocupando com a conservação da espécie já que essa beleza natural é nativa da Mata Atlântica presente no nosso estado".


Imagens


jmv_transparente.png
Editora Jornal do Médio Vale
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855
Sobre o Jornal | Expediente | Assine | Anuncie
icon_facebook.png
icon_youtube.png