Caso Madre Catarina: MP chama vítimas para registrar denúncia

O Ministério Público (MP), através do promotor Alexandre Daura Serratine, está chamando as vítimas que se sentiram lesadas pela atuação de uma quadrilha que usava da fé das pessoas para angariar dinheiro.

Segundo o MP, apenas uma pessoas registrou denúncia contra a quadrilha coordenada por uma suposta freira, denominada de "Madre Catarina" que se dizia médium e realizava operações espirituais.

Dessa forma, o MP solicita as demais pessoas lesadas para que se manifestem a fim de coibir esse tipo de prática.

Os residentes de Rio dos Cedros, Timbó, Benedito Novo e Doutor Pedrinho podem se dirigir até a 2ª Promotoria de Justiça, e tratar diretamente com Cassiano ou Tatiana, assistentes do promotor de Justiça, Alexandre Daura Serratine.

Vítimas de demais localidades podem procurar a promotoria da cidade respectiva ou a Delegacia de Polícia Civil.



jmv_transparente.png
Editora Jornal do Médio Vale
R. Caçador, 406, Bairro das Nações, Timbó - SC,
89120-000 | Telefone (47) 3382-1855
Sobre o Jornal | Expediente | Assine | Anuncie
icon_facebook.png
icon_youtube.png